Últimas Notícias

FILEMON



Dou graças á Deus nunca esquecendo
Da tua presença na minha oração,
Ciente do teu amor e fé
Que tens por nosso Deus então.

Para que a comunhão da tua fé se torne
Em conhecimento para Cristo irmão,
Tive alegria, conforto e amor
E aos santos alegrastes o coração.

Ainda que eu tenha liberdade em Cristo
Para te ordenar o que convém,
Prefiro lhe pedir em nome do amor
Em Cristo prisioneiro sou também.

Solicito em favor desse meu filho
Que gerei outrora bem naquele fim.
Se antes ele lhe foi inútil
Hoje ele é útil a ti e a mim.

Te envio de volta em pessoa
Confirmo ao meu próprio coração,
Queria o levar comigo, algemas
Do evangelho trago as mãos.

Nada faço sem o seu consentimento
Mas livre de vontade e sem obrigação,
Afastado ele veio a ser de ti
Para o receber pra sempre então.

Não como escravo e acima de tudo
Como seu caríssimo irmão,
Quer na carne ou no Senhor
De mim especialmente e com razão.

Se me consideras como companheiro
Então o recebas como a mim mesmo,
E na minha conta lançais tudo
Eu de próprio punho o escrevo.

Pago, para não alegar que tu me deves
Receba o benefício vindo do Senhor,
Da tua obediência alegro o coração
Em Cristo hoje certo como estou.

Sei que farás mais que estou pedindo
Pousada para mim também já preparou,
E logo vos sereis restituídos
Por nossas orações nesse tempo.  



Nenhum comentário

Escreva Sua Mensagem Ou Deixe Seu Recado. No Quadro Abaixo ▼