Últimas Notícias

NORTE ESQUECIDO

NORTE ESQUECIDO - Acabou meu pequi E sobrava o pecar O sinal transgredir E de carro passar.

Norte de Minas Gerais
Terra que agente conduz,
De dia falta água
E de noite falta luz!

Seu estado é tão crítico
Que não tem remédio ou governo,
Só recebestes uma visitinha:
E é a do sol, o dia inteiro.

Seca-se a erva,
Põe-se o sol...
Mosquitos, insônia
E calor no lençol!

Se digo que sou do norte
Não me chamam de mineiro.
Baiano ou goiano
Também não receio...

Houve um ano
Que faltava sossego,
Tiravam cinco SUJeitOs
E 'ainda faltavam prefeitos'!

Logo abrisse um edital
E fizesse um concurso:
Porque prefeito pro norte?
É um artigo de luxo!!!

No mês falta médico!
Na semana enfermeiro!
No ano hospital!
E no dia pedreiro...

Nem podia levar
As grávidas potra cidade,
Posto e gasolina
Acabou de verdade...

As filas de veículos
Chegavam na escola!
Professores em greve
E protestos agora.

Nas ruas afora
Com os moleques descalço...
É pipa! ebola! puro descaso!
A balsa não passa,
E o serviço escasso.

Terminou o petróleo
Energia e o gás!
Presidente e dentista
Nem ponte faz mais!

Acabou meu pequi
E sobrava o pecar,
O sinal transgredir
E de carro passar.

Pois a noite choveu
E a luz ela levou,
Saí da igreja num breu
Mas em casa ela voltou.

Acendi uma vela
E o cristão foi orar:
Que a fartura dessa terra
Possa um dia voltar...

O estado parece andar
No seu rumo sem o norte,
Até nos livros de estória
Confirmamos essa sorte.

Na escola um dia duvidei
E ao professor fui perguntar:
O norte é uma terra boa?
Respondeu: Tudo o que se planta dá.

K. DEIVID BORGES - POEMAS, POESIAS E CANÇÕES

Nenhum comentário

Escreva Sua Mensagem Ou Deixe Seu Recado. No Quadro Abaixo ▼