Compondo a alegria existente no universo.

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Jequitinhonha

Jequitinhonha
Jequitinhonha


Vale do Jequitinhonha
De saudade está em dores,
Aonde foram os seus homens?
Aonde estão seus trabalhadores?

A falta de jovens e adultos
É um caso muito sério,
Só não falta cidadão
Onde hoje é o cemitério.

Tuas mulheres e crianças
Se tornaram artistas natos,
Na arte da olaria
E fazer artesanato.

Na casa de pau-a-pique
Com argila, com madeira,
Longe da água do rio
Com subida, com ladeira.

Longe também da escola
Quando quebra a condução,
Planto sempre pé de milho
De mandioca, de feijão.

Salve nossa mata atlântica
E o turismo nos Gerais,
Com nossos parques e cavernas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva Sua Mensagem Ou Deixe Seu Recado. No Quadro Abaixo ▼

Comentários

SoundCloud

Accordion
</!doctype>

Sobre nós

Deivid Borges

Professor de informática e escritor, Deivid Borges nasceu em 1994 na cidade de Januária-MG e cresceu em um lar cristão de visão criacionista. Analista de Sistemas e adora praticar vários hobbies. Trabalhou com orientações nos lares para o SELS – Serviço Educacional Lar & Saúde – e na internet como programador, blogueiro. Iniciou seus primeiros escritos ainda no ensino fundamental. Se você gostou e quer saber mais visite o blog: http://www.kdeividborges.blogspot.com.br.




Destaques

Entrevistas Livros Músicas Projetos Desafios Entrevistas Livros Músicas Projetos Desafios Entrevistas Livros Músicas Projetos Desafios

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *